Publicidade

quarta-feira, 2 de julho de 2014 De Olho | 07:00

De olho: Chay Suede

Compartilhe: Twitter
Oooooi, Chay! Crédito: Divulgação/Globo

Oooooi, Chay! Crédito: Divulgação/Globo

A gente confessa: temos olhos para Chay Suede desde quando ele era aprendiz de Caetano Veloso no “Ídolos”, da Record, em 2010. De lá para cá, a carreira musical andou de mãos dadas com a de ator. Por dois anos ele foi protagonista da novelinha teen “Rebelde”, na emissora de Edir Macedo, e estreia em 21 de julho para o grande público na Globo, no papel de José Alfredo jovem em “Império”, nova novela das 21h.

As cenas que já vimos estão deslumbrantes. Fotografia, texto, elenco, trama… Tudo está afinado. Chay deu um salto em qualidade e deve ser um ótimo José Alfredo. Aliás, o papel promete ser o primeiro passo em algo maior que vem em breve. Quer apostar? Antes, confira só o papo que batemos com ele. Baba um pouco com a gente, vai 😉

VEJA FOTOS EXCLUSIVAS NO INSTAGRAM

VG: Qual foi seu maior desafio na pele de José Alfredo jovem?
Chay Suede: Várias coisas. Ser mais de um ao mesmo tempo, ter esse conflito de ser no mínimo dois, às vezes três ou quatro em uma pessoa só. Esse é o desafio.

VG: Pelo que vimos da fase adulta, com Alexandre Nero, ele se torna uma pessoa cheia de dilemas, mistérios…
Chay Suede: Ele se torna o que Nero mostra, mas no início ele é só um garoto de 22 anos com medo, receio, uma paixão… E ele perde tudo. Eu acho, na verdade, que ele não tem medo de nada, porque ele não tem nada a perder.

VG: Você se vê como Nero? Digo, se enxerga como ele aos 44 anos?
Chay Suede: Não, porque a gente não se parece tanto fisicamente, mas a nossa intenção é parecida, e nossa atitude está igual. Por isso que a gente convence. Mas a gente não se parece fisicamente. Isso é o mais louco. Quando eu soube que faria o Nero jovem, eu disse que não tinha nada a ver. E ele disse a mesma coisa. Mas caracterizado dentro de uma atitude Zé Alfredo, com sotaque, é a mesma pessoa.

SIGA O VEM, GENTE! NO TWITTER

VG: Aliás, o sotaque de Pernambuco te atrapalhou?
Chay Suede: Pelo contrário, o sotaque me ajudou a encontrar melhor o personagem. Quando eu busquei o sotaque, vieram coisas que até então não tinham vindo, que eu não conhecia sobre ele.

VG: Você ainda está gravando? Está nervoso para a estreia?
Chay Suede: Ainda estou gravando. Estou ansioso, na verdade. Depois desse clipe tão bonito, que me emocionou, eu espero que seja tudo isso aí. E vai ser. Vai ser um novelão.

VG: Seu contrato é por obra? Podemos esperar mais coisas na casa?
Chay Suede: Tem coisas para frente, sim.

VG: E a carreira musical?
Chay Suede: Vou lançar um EP nos próximos dois meses. Estou compondo bastante nos últimos meses e agora vou gravar.

Chay como José Alfredo em gravação em Minas Gerais. Crédito: Divulgação/Globo

Chay como José Alfredo em gravação em Minas Gerais. Crédito: Divulgação/Globo

Vem ver isso aqui também, menina…:

Todas as fases de Cristina, a heroína de “Império”

Filha de José Mayer é escalada para “Império” com urgência

“Em Família”: beijo gay? Check!

Autor: Tags: , , , , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.