Publicidade

quinta-feira, 13 de novembro de 2014 Pitaco | 07:00

“Lili, a Ex”: Lili é tudo que a gente gostaria de ser e não pode

Compartilhe: Twitter
Crédito: Divulgação/GNT

Crédito: Divulgação/GNT

Se você ainda não viu nenhum episódio de “Lili, a Ex” (GNT), a gente avisa: está perdendo um programão. Lili é tudo que a gente gostaria de ser e não pode. Ou por moral ou por noção mesmo, não dá para infernizar a vida de um homem assim como ela inferniza a de Reginaldo (se bem que tem muita doida por aí deitando e rolando, né?). Lili é liberdade, é alegria, é humor ácido, é loucura. E quem nunca enlouqueceu de amor?

SIGA O BLOG NO INSTAGRAM

A começar pela protagonista, interpretada brilhantemente por Maria Casadevall, a série é demais de bem tratada. Dá gosto assistir. Já que estamos falando sobre o elenco, Felipe Rocha é do tamanho exato do maníaco por limpeza Reginaldo, o tal que vive fugindo de Lili. Ela não aceita o fim do casamento e faz de tudo para não sair da vida do bofe. João Vicente de Castro é Reinaldo, o irmão mais novo de Reginaldo, e é outro que está dando um banho em cena. Tem mais: Daniela Fontan (maravilhosa!), Rosi Campos, Milton Gonçalves, Alann Medinna e Robson Nunes. Todos, sem exceção, contribuem para o sucesso da série.

A ideia do programa já era ousada por se tratar de uma adaptação da tirinha homônima de Caco Galhardo. Levar essa linguagem de quadrinho para a TV não foi fácil de prima, mas logo encontraram o tom. A atuação marcada de Maria, bem caricata mesmo, caiu como uma luva e se uniu ao dinamismo da câmera. É tudo rápido, veloz, alucinado. Do jeitinho que a HQ pede. Vale o registro: a sacada de flutuar a câmera por cima dos dois cômodos (Lili e Reginaldo moram parede com parede) é genial. Assim, é possível brincar com dois universos tão diferentes (o caos de Lili e a organização de Reginaldo) e torcer mais ainda para uma fusão dos polos opostos.

SIGA O BLOG NO TWITTER

Então, de novo, ainda não viu? Anota : inéditos às quartas, 22h40. Horários alternativos: sextas 09h30 ou 17h30, domingo 1h ou 20h30. Temporada até 17/12. #dicadanina

Vem ver isso aqui também, menina…:

“Boogie Oogie”: Elísio descobre traição e expulsa Beatriz de casa

Marília Gabriela sobre série: “vou ficar na fila para segunda temporada”

Programão em família: “Frozen” chega ao Telecine

Autor: Tags: , , , , , , ,

5 comentários | Comentar

  1. 55 Laís 18/11/2014 10:45

    MAravilhosa, inteligente, atual. Quem nunca foi uma Lili na vida. Eu já kkkkkk. Aliás a GNT tem séries incríveis tais como Os homens são de MArte é pra lá que eu vou, As três Teresas e alguns programas de culinária…E o Programa do Jô. Adoro e deveriam sim prolongar

  2. 54 Reginaldo 13/11/2014 17:44

    Conheço uma Lili, ou melhor, uma aline, que me fez um inferno parecido e até pior do que esse personagem. fez de tudo o possível, procurou até por ocultismo para fazer esse tormento.

    Só quem viveu sabe o que é. A série é ótima, mas ao mesmo tempo triste, pensar q as mulheres não saibam e não tenham maturidade para romper um relacionamento. Ao mesmo tempo que dou gargalhadas, eu fico trisite, pois vivi e ainda vivo o inferno astral que essa louca fez na minha vida.

    tanto homem por ai … ficar preso a um único cara e ainda fazendo o inferno.

  3. 53 Julica 13/11/2014 17:34

    A melhor série EVER da tv brasileira. Deveria ter 1 hora de duração, pois quando vê passou…Maravilhosa!!!

  4. 52 gilberto 13/11/2014 10:30

    simplesmente demais muito boa!!

  5. 51 Daiane 13/11/2014 9:37

    Adoooorroooooo esta série, deveriam prolongar em mais temporadas.Humor ácido e inteligente, toda mulher tem uma Lili dentro de si, só que adormecida, kkkkkkkkkk

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.