Publicidade

terça-feira, 16 de dezembro de 2014 TV aberta | 07:00

“The Voice”: versão brasileira está tão fraca que desanima

Compartilhe: Twitter
Daniel, Carlinhos, Claudinha, Tiago Leifert e Lulu Santos. Crédito: Divulgação/Globo

Daniel, Carlinhos, Claudinha, Tiago Leifert e Lulu Santos. Crédito: Divulgação/Globo

É quase uma covardia ter a versão americana do “The Voice” no ar ao mesmo tempo que a brasileira. Digo por conta própria: sou fã fervorosa de programas musicais. Me emociono, defendo meu candidato e não perco um episódio. Só que essa nossa edição está tão fraca que desanima.

SIGA O BLOG NO INSTAGRAM

Antes de receber uma chuva de críticas, vamos colocar tudo em pratos limpos: ninguém está afirmando que os candidatos brasileiros são ruins. Todo mundo está lá por mérito, é afinado e sabe o que faz no palco. O problema é que não existe, de maneira nenhuma, como comparar o nível das duas versões.

Hey, guys! You rock! Crédito: Divulgação

Hey, guys! You rock! Crédito: Divulgação

Enquanto o gringo – que tem na bancada de jurados Adam Levine (tum tum tum bate coração), Blake Shelton, Gwen Stefani e Pharell Williams – apresenta a melhor temporada de todos os tempos, por aqui a impressão que fica é que todo mundo tem a tão temida “voz de barzinho”. É tudo igual, sem emoção e sem arrepio.

Por lá, quem disputa a grande final são quatro cantores que diferem totalmente no quesito estilo. São eles Craig Wayne BoydMatt McAndrewChris Jamison e Damien. Cada um tem seu jeito particular de expressar emoção. Cada um segue por um caminho e defende seu gênero musical com unhas e dentes. E todos, independente do estilo, são gigantes no vocal.

Por aqui, como já dito, desta vez faltou o ingrediente misterioso que faz a plateia derrubar o queixo no chão. Não temos talentos suficientes por aí? Não sei. Foi erro na seleção dos participantes? Não sei. Fato é que, infelizmente, essa edição passou longe da minha programação televisiva semanal.

SIGA O BLOG NO TWITTER

Para quem se interessar: nesta terça-feira (16), o Sony exibe à 0h a grande final do “The Voice” ao vivo. Antes, às 22h, o canal traz episódio inédito de com as performances dos finalistas. Por aqui, essa semana tem semifinal com Kim Lírio, Jésus Henrique, Romero Ribeiro, Rose Oliver, Nonô Lellis, Danilo Reis e Rafael, Leandro Buenno e Lui Medeiros. A final é dia 25 de dezembro.

Vem ver isso aqui também, menina…:

“Boogie Oogie”: Carlota arma jantar para se aproximar de Sandra

Mel Maia ainda não é certeza na próxima novela de João Emanuel Carneiro

“Lar Doce Lar” volta ao “Caldeirão do Huck” em 2015

Autor: Tags: , , , , , ,

44 comentários | Comentar

  1. 94 Carolina 25/12/2014 23:01

    O The Voice de 2014 é um dos piores já apresentados. Os candidatos com maior preparação sairam e ficaram apenas covers de outros cantores. Que em 2015 sejam mudados os jurados porque esse timinho aí já deu o que tinha que dar. Muito fraco.

  2. 93 marcos 25/12/2014 14:50

    Lia Soares, ELen, Mira Callado, Rafael Furtado, dom Paulinho lima, Rodrigo castellani e tantos excelentes candidatos passaram pelo the voice…artistas de verdade. Essa ultima edição do the voice me da tédio, pois não existem mais bons candidatos competindo e os que existiam já foram eliminados. O programa deve ser reformulado, pois está realmente um tédio assistir essa ultima edição

  3. 92 Sebastian 20/12/2014 17:38

    o que desanima na versão brasileira são os jurados que não entendem nada de música,principalmente Daniel e Carlinhos Brown,esse último fica gritando à qualquer hora feito um idiota, qto. ao Daniel,ele apenas é um intérprete muito ruim de musica sertaneja,e não entende nada de música,nem brasileira e nem estrangeira.

  4. 91 Alice 20/12/2014 15:10

    O que desanima são vocês, Maria vai com as outras, compraram a primeira opinião e só repetem como papagaios.

  5. 90 Cida Viana 19/12/2014 18:12

    Realmente, esse ano está fraco, os melhores estão fora. A Nonô Lellis até canta bem, mas na música Califórnia, parecia Karaokê. O Romero Ribeiro é cover do Alexandre Pires. Para que dois iguais ? Gosto do Lui e da dupla. Vamos ver no que dá.

  6. 89 Sandra 19/12/2014 17:21

    A idéia original é ótima, o problema todo é que os jurados estão repetitivos demais, o programa está sem sintonia ,diferente das outras edições. A impressão que me passa é que eles também estão entediados.Escolheram mal os finalistas o que mais me agrada é o Kim, mas mesmo assim não se compara com a emoção das edições anteriores. Sobre a Americana nunca vi, nem comi.KKKKKK então não posso opinar!
    Globoo, presta atenção!!

  7. 88 maronilde oliveira 19/12/2014 12:42

    dormi todas as vezes que tentei assistir, o troço chato.

  8. 87 Celi 16/12/2014 15:27

    Realmente, está muito apagado, sem graça, eu que sempre gostei até durmo de tão desinteressante que está. Sinto muito.

    • Roberto 18/12/2014 13:08

      Poxa…tá péssimo mesmo o The Voice Brasil!

      Quando acostumamos a assistir o The Voice USA é que percebemos o quanto o brasileiro é pobre em talentos e nem sequer sabem seguir o padrão da franquia, ou seja, nem copiar servem: mudam as regras de uma hora para outra, colocam 3 num duelo, precisam de um conselheiro no palco para aumentar o tempo do programa pois os titulares não sabem ter um bom diálogo e sempre ficam naqueles mesmos jargões em elogiar. Mesmice total e sempre o contato direto constante com os candidatos. O Carlinhos pensa que o programa é na casa dela e sempre com as tirinhas da loucura(babaleole…). Tenha paciência! O outra versão nem se compara: são verdadeiros contadores de história e bons humoristas, sabem conversar, elogiar, conhecem técnicas de canto mesmo. Não vamos esquecer que o príncipe já pegou a Tiazinha!!!

      • Leoleo 18/12/2014 16:09

        Roberto, então vemos que o formato do programa é bom, o que precisa é trocar os avaliadores, penso que para 1ª edição foram bons esses, mas com certeza temos profissionais mais qualificados para compor o júri e orientadores. O problema é que a nossa televisão gosta muito da zona de conforto, falta auto crítica e por aí vai… É por essas e outras que a qualidade dos programas brasileiros é péssima, ainda mais quando se tem um programa de outros país, como os EUA, para servir de comparação. Acorda rede Globo pára com essa preguiça e amiguismo, seja mais profissional e busque excelência.

  9. 86 aide de jesus lima 16/12/2014 15:25

    O mal dos brasileiros é gostar de falar mal do seu próprio povo, do seu País, gosta de elogiar o que não é seu, é por isso que está tudo assim, não lutam pelo que é seu, só faz criticar. Está na hora de quem não está gostando de viver aqui , pegar a mala e ir embora para o País vizinho. E que seja feliz lá, caso não encontre alguém que dê um grande ponta-pé nas costas.

    • Leoleo 18/12/2014 16:20

      Aide, sua posição nacionalista é bacana, mas infelizmente no caso comentado, podemos e temos condições de fazer melhor, apenas isso, temos excelentes músicos que são requisitados a todo momento para participar de gravações de CD de cantores internacionais, assim como temos também novos cantores talentosos que com certeza farão sucesso no exterior. Pode ver que não é isso que está sendo criticado, mas sim, aqueles que julgam e orientam os pretenso artistas. Entendo que nesse caso a comparação com os EUA seja válida, pois temos totais condições de fazer o programa igual ou melhor do que a versão deles, basta nossos diretores se empenharem mais e encontrar as pessoas certas.

    • Luciano 18/12/2014 11:37

      Se vc assistir ao The Voice Americano vai concordar com a matéria, o The voice dos EUA é infinitamente melhor, nem se conpara.

  10. 85 Carlos Gonzalez 16/12/2014 15:08

    Acho que existe uma manipulação no resultado dos escolhidos pelo público. Creio que são escolhidos aqueles que interessaram a produção. E com os técnicos deve ser a mesma coisa.
    Não dá para entender a seleção de alguns como os dois roqueiros por parte do público, e deixar de fora outros com muito mais qualidade.
    Outra coisa, alguém precisa dizer a Carlinhos Brown que aquilo não é um circo para ele fazer tanta palhaçada e Claudia Leite, pelo amor de Deus!, ridícula. Agora deu para usar uns decotes que deve imaginar que é a forma de chamar a atenção para ela. Insuportável.

  11. 84 Ton 16/12/2014 14:52

    Troca os jurados pelo amor de Deus. Pessoal, exceto Daniel…pecam pra sair.
    Ninguem aguenta mais oceis.

  12. 83 Andreza 16/12/2014 14:49

    Concordo, assisto o americano e não tem comparação. Os jurados de lá “brigam” pelos candidatos, sem falar nas apresentações que são um show a parte. Aqui é tudo muito sem graça.

  13. 82 vera sampaio 16/12/2014 14:39

    Só vi a primeira parte. Até gostei de alguns cantores, como o Dudu Fileti e a lourinha como covinhas que não sei o nome, mas a maneira como distorcem as músicas, descaracterizam e mesmo a escolha de repertório dificultam muito ficar sentada na poltrona assistindo.
    Outra coisa. Estava com sete pessoas prontas para votar no Dudu e nenhuma das ligações completou. Dava erro, número incorreto, todo tipo de problema. Como a Globo gosta de ter controle sobre tudo será que já não sabem o vencendor?: Tenho as minhas dúvidas.

  14. 81 Cássia 16/12/2014 14:37

    Infelizmente os jurados não tem o conhecimento necessário para poder escolher bem os participantes. Carinha de bebê e ombrinho levantado não podem ser critérios de seleção. Jurados e apresentador são despreparados e incompetentes em seus comentários.

  15. 80 Gleison Luis Lira da Silva 16/12/2014 14:36

    ESSE PROGRAMA É UMA PORCARIA, NÃO SEI COMO AINDA TEM GENTE QUE PERDE TEMPO ASSISTINDO ESSA ALIENAÇÃO.

  16. 79 josé carlos mendes 16/12/2014 14:25

    o povo não sabe votar, colocaram um falso Alexandre Pires não canta nada e também o sego e muito fraco, os jurados não estão com nada, tem que mudar (VIVA O PT PARTIDO DE LADRÕES)

  17. 78 Vanderley A. dos Santos 16/12/2014 14:24

    Só pode estar chato mesmo, tem um monte de gente boa que estava participando, que eles mandaram embora, a verdade é que os jurados erraram na escolha, não sei qual o critério, mas que eles estão mal, a isso estão.Ficaram com um monte de cantor de karaoke.

  18. 77 SERGIO 16/12/2014 14:24

    Infelizmente tenho que concordar com a maioria a ideia do programa é ótima o problema inicial são os jurados que querem brilhar mais do que julgar as interpretações chegando quase ao ridículo.
    Quanto aos cantores americanos nao da nem pra comparar o filtro utilizado é outro lá realmente te que cantar muito pra ser escolhido, aqui ….

  19. 76 Denis 16/12/2014 14:23

    Olha. Nem tem o que comentar. Esse programa é muito chato. Já deveria ter saído do Ar.

  20. 75 Wagner 16/12/2014 14:21

    Meus caros, estamos no Brasil ,por isso É BRASIL!!! Não adianta compararem com o programa e participantes dos EUA…..!
    O Brasileiro como sempre ,nunca se satisfaz com a prata da casa…..!
    Penso o seguinte , aquelas pessoas que estão participando do programa,sejam bons ou não, técnicos bons ,ótimos ou péssimos ,são os profissionais que temos e que a grande maioria votou ….portanto é isso!
    Valorize a prata da casa, você não iria gostar de um estrangeiro tirando o seu sonho de trabalho ou de vida , não é mesmo?!!

  21. 74 Leticia 16/12/2014 14:09

    Como correção, a performance dos finalistas é às 21 horas.

    Quanto ao the voice Brasil deveriam se inspirar e aprender com a versão americana.
    Começando pelas audiência as cegas, os jurados não empolgam os candidatos a virem para o seu time, Claudia Leite chega a dar vergonha alheia, tenta atrair pro seu time através do corpo, decotes e etc., mas afinal o programa não é THE VOICE??
    Regras não cumpridas em relação a quantidade de pessoas no time.
    Nada contra os jurados, mas eles que deveriam motivar mais e fazer os candidatos se encontrarem e crescerem como artistas, para perderem essa voz de barzinho comum a todos.
    Sou fan numero 1 do The Voice Americano, choro, grito e me empolgo na frente da televisão! Mas no The Voice Brasil dá vontade de chorar de desgosto.

  22. 73 junior 16/12/2014 14:02

    O problema é o apresentador, nada pior do que esse Tiago, super forçado, tirado a porcaria

  23. 72 marlon 16/12/2014 13:53

    Realmente nem se compara o the voice gringo com o nacional, com certeza existe melhores jurados e arranjos para um melhor programa.

  24. 71 Vilma 16/12/2014 13:42

    Concordo,realmente a versão americana é muito superior.E também ,não assisto a nacional.

    • aide lima 16/12/2014 15:31

      O mal é esse dar valor ao que é dos outros, qdo chega no País vizinho é humilhado (brasileiro é um coitado no pais dos outros por não se valorizar) aí tá bom né

  25. 70 Monica 16/12/2014 13:36

    Somente o primeiro foi legal.
    Tinha muita gente boa lá.
    Já está na hora de trocar estes jurados. Na verdade eles não opinam em nada. Quem decide mesmo é o diretor do programa.
    Ganha quem tiver cara e estilo musical do mundo pop.
    Vocês acreditam realmente que cantar música da MPB (não que não tenhamos músicas boas) ganha alguma coisa??
    A propósito, alguém sabe por onde anda a Ellen Oléria e o sobrinho do Caubi Peixoto?
    Nunca mais ouvi falar. kkkkkk

  26. 69 carlos medina 16/12/2014 13:36

    Estava acompanhado mas fiquei decepcionado com as escolhas do público e jurados. Totalmente diferente da temporada americana e os jurados o único competente e o cantor Daniel.

  27. 68 Neusa 16/12/2014 13:31

    Boa tarde!!! Meninos se voces não gostam é só não assistir, é tão simples!!!

  28. 67 Rita 16/12/2014 13:09

    Concordo plenamente, a atual edição deixou muito a desejar. As edições anteriores eu vibrei muuito. Na anterior, quando saiu Dom Paulinho Lima, aí eu desabei de tanto chorar…Seria muito bom rever artistas que foram eliminados mas marcaram presença…

  29. 66 Pedro Ivo 16/12/2014 13:06

    Assisto The Voice Brasil desde que passou a ser exibido às quintas-feiras. Mas neste ano está duro de ver. Os próprios jurados parecem estar desanimados. Cláudia Leitte não para de fazer caras e bocas. É canastrona e quer ganhar pela comoção. Daniel esta frio demais. Carlinhos Brown está teatral demais. Lulu Santos está esquisito demais. Todos fazem cara de paisagem na maioria das apresentações. Parte da culpa dessa edição fraquíssima do The Voice brazuca é deles, que não raro fazem escolhas sem sentido. Além do publico, que parece ter uma inescapável preferência pelos piores.

    Os candidatos, tirando o Lui Medeiros, são todos de medianos para baixo (alguns muito pra baixo mesmo, como aquele picareta do Romero Ribeiro). Enfim, independente de quem ganhar, o programa, nos moldes como está hoje, não terá nada para se lembrar (exceção feita aos decotões da Claudinha).

  30. 65 Juca 16/12/2014 12:42

    The Voice Brasil é uma bosta imensa.
    Não precisa nem comparar com o original para perceber isso.

    Não sei porque a insistência em promover gente tão ruim tecnicamente, e chata como o Charlinho Brow e Claudia Leite Tiago Laifert e Lulu Santos….

    Só gente chata, sem graça e arrogante.

    Por favor, alguém puxe a descarga pra essa m***a descer!!!

  31. 64 Boris 16/12/2014 12:22

    Só salva o Lulu que fez vários hits no passado. Agora está estranho rs… Claudia Leite e Carlinhos verdadeiros lixos. Daniel é aquela coisa de sertanejo falso… sem moral

  32. 63 Ivy 16/12/2014 12:19

    Realmente esses jurados já deram o que tinham que dar.São muito chatos.O Carlinhos então,affff

  33. 62 Marilene 16/12/2014 11:47

    Adoro o programa “The Voice”, só que além de ser durante a semana, o horário não ajuda nem um pouco, tarde demais, sendo assim, assisto no Canal Sony. E aproveito para assistir o “The X Factor”, que é sensacional.

  34. 61 Renato Nascimento 16/12/2014 11:45

    Como muitos já disseram, as versões brasileira e americana são incomparáveis! Concordo com a maioria, os técnicos de lá são muito melhores e os candidatos também! Mas, tem uma coisa a mais que faz toda a diferença, a REGRA DO JOGO!
    Na versão americana, o público vota em qual candidato deve ficar, independentemente do seu time, então fica só os melhores, não importa se um time ficará com todos seus candidatos e um outro sem nenhum, ficarão os melhores e pronto!

  35. 60 creuza 16/12/2014 11:22

    Mone concordo em gênero, nº e grau, agora quanto as candidatos estão ótimos, principalmente o Kim Lírio, além de lindo canta super bem e tem uma expressão de palco que poucos tem,,,
    meus parabéns a todos….

  36. 59 Danilo 16/12/2014 11:16

    E tem também a questão da mudança de horário, e a impossibilidade de acompanhar pelo site da globo.com. Dificultaram tudo, e agora estão pagando caro. Não que se importem, pois fizeram a mesma coisa com o Superstar. Jurados, e horários ruins.

  37. 58 cristina vereda 16/12/2014 11:07

    Mais esperar o que da Rede Globo, é sempre assim, a mesma coisa, tudo carta marcada! A começar pelos jurados, um mais exibido que o outro. Os jurados precisam mudar, já cansou ver a cara deles. temos tantos artistas bons no Brasil, de outras regiões inclusive, com muito mais qualidade crítica do que uma Cláudia leite por exemplo, que fala sempre a mesma coisa e não consegue elaborar uma frase mais pensada, mais articulada. Por isso que cansa, por isso está chato. Ninguém aguenta mais aquele corpo de jurados!

  38. 57 Paulo M 16/12/2014 11:01

    Estou achando essa edição do “The Voice Brasil” uma palhaçada. Tudo indica que a Globo manipula resultados. Basta ver que muitos candidatos, com excepcionais qualidades artísticas e vocais, são preteridos ao longo do programa, como por exemplo Edu Camargo, na última semana. A sensação de surpresa do Edu com o resultado estava estampada em sua face, certo de que tivesse sido – e foi – o melhor de seu grupo. De outro lado, é inacreditável que essa menina, Nonô Lellis, ainda esteja no concurso. Nada pessoal, mas essa garota não passa de cantora de “karaokê”, com todo respeito. Até os técnicos fazem escolhas estranhas, reforçando a ideia de uma manipulação imposta pela Globo, atendendo aos interesses comerciais da Som Livre, tanto que na eliminação do Edu Camargo, o Lulu Santos fez a escolha visivelmente constrangido, contrariado. Zero para esse programa. Não assisto mais!

  39. 56 Carla 16/12/2014 10:58

    Pelo amor de “Deus” não tem a mínima comparação com o The Voice americano. Os técnicos, os cantores, os shows, a iluminação, o conjunto que acompanha os cantores, tudo é infinitamente melhor, lá o programa é alto nível.

  40. 55 Bruno 16/12/2014 10:23

    Tenho que concordar com o seu post. Numa TV de poucas opções “não massificantes” o the voice surgiu como uma luz nesse mar de lama.
    Mas como você bem disse, está ocorrendo a terrível comparação entre a melhor temporada americana e a pior brasileira. Lá o Cris Jaminson tem uma extensão vocal inacreditável, Craig é tão bom ou melhor que seu técnico Blake, Damien é sensacional e McAndrew é um gênio da música. Isso prá não comentar a originalidade das versões do Taylor John e ótimo desempenho soul de um branco na voz de Luke Wade. E poderia dizer muito mais….Aqui, não fosse o extremamente competente Lui Medeiros e a voz tão singular de Rafael (Danilo Reis e Rafael), diria não haver candidatos. Você foi bondosa ao generalizar seus comentários a todos, pois há candidatos na versão brasileira dão dor de ouvido, na minha opinião. Discordo formalmente de algumas eliminações ocorridas aqui no Brasil e penso que já está na hora de criar uma dança das cadeiras para os técnicos; outras formas de percepção dos candidatos, outras experiências, outros conselhos, outras piadas… Também acho que o público tem sua parcela na deterioração do programa: The Voice e não the shoulders; aqui tem sido suficiente balançar bem os ombros para ser bem votado, deixando permanecer candidatos sem futuro musical e colocando os técnicos em xeque ao terem de dispensar candidatos muito melhores que aqueles salvos pelo publico. Bem, vamos aguardar a versão brasileira do ano que vem, porque essa… já deu!

    • Lucrécia 16/12/2014 11:23

      BRUNO, concordo contigo em gênero,número e grau, onde os “pseudos técnico” querem aparecer mais que seus pupilos, onde o cantar em outra lingua para disfarçar ou esconder deficiências de alcance vocal, esta foi de longe a edição mais sofrível, devido a tantas deficiências, na minha opinião o domingo a tarde como foi a primeira e os participante adaptando as musicas para o seu jeito de interpreta-la foram sublimes, pena que isto não aconteceu desta vez, espero que na próxima tenhamos muitas mudanças, ou então corremos o risco de extinção, infelizmente!

  41. 54 marlon 16/12/2014 10:20

    ..começamos a critica comparativa pelo palco e luz…de longe perdemos feio
    ..os jurados sao fraquissimos…nao relacionam criticas referentes a voz…e sim a origem..estilo…choram..dançam….menos prestar atençao aos candidatos e seu desempenho
    Da impressao que é carta marca…que ja foram julgados antes mesmo de cantar.
    …..falta tudo para essa versão brasileira igualar ao americano…..e realmente…lançcar no mesmo período…no minimo foi burrice pura

    • Monica 16/12/2014 13:29

      Concordo com você que é carta marcada sim!!
      Claudia Leite, infelizmente, está muuuuuito forçada.

  42. 53 Anderson Alves 16/12/2014 10:19

    Nem perco o meu tempo em assistir a versão brasileira mais,pois a produção americana (a começar dos jurados) é infinitamente melhor que a da globo.

  43. 52 Mone 16/12/2014 10:01

    O que desanima são os jurados, em especial Claudia Leite, sem graça, sem talento, com músicas sem nexo e letras interessantes. Qualquer candidato certamente canta melhor que Claudia Leite e Daniel.

  44. 51 Renato 16/12/2014 9:39

    A começar pelos jurados!!!!!

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.