Publicidade

segunda-feira, 7 de março de 2016 Exclusivo | 08:56

Fábio Assunção comemora sucesso de “Totalmente Demais”: “Meu trabalho mais feliz”

Compartilhe: Twitter

Fábio Assunção: “‘Totalmente Demais’ seria meu trabalho mais feliz” (Foto: AgNews)

Em boa fase na carreira, Fábio Assunção se mostra um profissional multifacetado. Além do sucesso de Arthur em “Totalmente Demais”, o ator continua com força total como diretor de teatro. Aos 44 anos, diz que vive seu melhor momento e está pronto para novas conquistas. “Não poderia estar mais satisfeito”, avalia ele, em papo exclusivo com a coluna.

Para Fábio, não houve um hiato em sua trajetória. “Não estou voltando à TV”, afirma convicto. E ainda dá indícios de uma nova empreitada nos palcos. Diz que seu radar está ligado em busca de atores que deixem a vaidade de lado e mergulhem de cabeça na obra e na dramaturgia.

JÁ SEGUE O BLOG NO INSTA E NO TWITTER? @_vem_gente

Sem refutar o título de galã, ele declara que trabalha duro, apesar de todo glamour que a profissão carrega. “Estou há 15 meses trabalhando sem parar.” E que ser bon vivant, como seu protagonista na novela das sete, não é seu foco agora. Mas, talvez, em um futuro não muito distante.

Renata Reif: Após um hiato de sete anos, você está de volta às novelas. Sentiu falta do ritmo frenético de gravações?

Fábio Assunção: Eu adoro esse ritmo quando o resultado do trabalho é positivo dentro de uma novela que faz sucesso e com um personagem dinâmico. Um maior ritmo é necessário para atingir um resultado de 50 minutos de material editado por dia para colocar a novela no ar.

RR: Foi difícil voltar à TV como protagonista? Como avalia seu momento atual?

FA: Não estou voltando à TV. Antes de terminar “Tapas e Beijos” (2011-2015) eu já estava participando da preparação para “Totalmente Demais”, durante 30 dias e com todo elenco e direção. “Tapas e Beijos” foram cinco temporadas de grande sucesso. Meu momento atual, assim como no “Tapas”, me traz muita felicidade pelo sucesso atingido até agora. Não poderia estar mais satisfeito. Os personagens são incríveis e o clima nos bastidores é sensacional.

RR: Com o sucesso na sua vida profissional, já viveu algum momento parecido com o do Arthur, de bon vivant?

FA: O Arthur é bon vivant porque leva a vida com humor. E porque tem uma situação financeira privilegiada e faz sucesso com as mulheres. Mas, observando a novela, percebe-se que ele é um cara que trabalha e é muito bom no que faz. Eu comecei a fazer teatro adolescente e até hoje, com 44 anos, nunca parei de trabalhar. Só para dar um exemplo, dia 15 de janeiro de 2015 eu comecei a dirigir “Dias de Vinho e Rosas” (indicada a 5 prêmios), e, logo depois da estreia, comecei a gravar “Tapas”. Um mês antes de terminar “Tapas” eu já estava em “Totalmente Demais”. Agora estamos no capítulo 100. Esse sempre foi meu ritmo normal de trabalho. Estou há 15 meses trabalhando sem parar. O momento bon vivant ainda não chegou, mas anseio por ele (risos).

João se diverte com o pai em dia de gravação de “Totalmente Demais” (Foto: Reprodução/Instagram)

RR: O João esteve em uma das gravações da novela. Gostaria que seus filhos seguissem seus passos?

FA: Meus filhos me acompanham no trabalho, e eu, quando posso, sempre os acompanho nas atividades deles. O que eu faço como pai, que é usar essa convivência para que eles se sintam seguros e que tenham autoestima. Essas duas coisas são o que farão eles encontrarem o caminho deles. Minha tarefa é viabilizar os talentos deles. E não influenciá-los profissionalmente.

RR: Como é ser galã após os 40 anos?

FA: É inacreditável (risos).

RR: Você completa 25 anos de carreira. Qual foi o momento mais difícil de sua trajetória? E o trabalho em que se sentiu mais feliz por ter feito?

FA: Se eu for considerar felicidade, bem-estar e prazer, “Totalmente Demais” seria meu trabalho mais feliz. Sem querer puxar sardinha pra ninguém. Por outro lado, tive personagens difíceis, desafiadores, como o Carlos Eduardo, de “Os Maias” (2001), como Herivelto, em “Dalva e Herivelto” (2010), e todos os personagens que fiz no teatro, muito desafiadores e complexos. Quase todas as peças que fiz eram de no máximo quatro atores, onde eu ficava presente em cena o tempo todo. Fazendo personagens psicologicamente muito ricos e complexos.

RR: A direção é um caminho que se abre na sua carreira?

FA: No teatro, já se abriu. Minha segunda peça já me rendeu 5 indicações a prêmios de credibilidade divididos entre o Prêmio Shell e APCA. Certamente no teatro esse caminho vai continuar, paralelamente ao trabalho de ator. Agora, dirigir cinema e TV, que envolvem equipes maiores, câmeras, elencos, poderá acontecer, sim, mas não pensei muito nisso ainda.

RR: Quem são suas referências e com quem gostaria de trabalhar como diretor?

FA: Gosto da precisão e da experimentação que o Bob Wilson alcança, por exemplo. Gosto muito da loucura que Pina Bausch coloca em cena, mas a minha referência como diretor é o texto que eu tenho nas mãos e a equipe que eu convido para participar. Gostaria de trabalhar com qualquer ator que deixe a vaidade de lado e se entregue e que seja capaz de mergulhar num universo da obra em questão com inteligência e dedicação. Contribuindo positivamente para que o processo seja prazeroso e com qualidade. Conheço muitos atores assim.

Fábio faz par romântico com Marina Ruy Barbosa na trama (Foto: Divulgação)

Autor: Tags:

7 comentários | Comentar

  1. 57 debora i de luca 07/03/2016 22:55

    concordo plenamente Monica e Ana Maria ele e talentoso e linnndo ate parece vinho em relaçao ao ditado popular quanto mais velho melhor se voces tem tv a cabo em casa poderam apreciar a beleza dele 2 vezes por dia pois dia 21 no viva ira reprisar (meu bem meu mau)

  2. 56 aninha 07/03/2016 16:09

    maravilhosa essa novela ñ perco um capitulo a atuação de fabio esta perfeita e ainda formando par com Marina mt bom.
    Parabens Fabio que deus te abençoe…torcendo por vc,bjs

  3. 55 janete 07/03/2016 16:06

    Considero Fábio Assunção um dos melhores atores de sua geração! Ele está arrebentando como Arthur em Totalmente Demais! Aquela cena de Arthur e Eliza vendo o por do sol, me fez chorar, pois havia tanta emoção e verdade nos olhos do personagem, e já não era mais Fabio Assunção, era Arthur materializado. Parabéns e vida longa à esse grande ator!

  4. 54 Mirian Porto 07/03/2016 15:52

    Para poucos….

  5. 53 Agnes 07/03/2016 14:18

    Parabéns Fabio, seu trabalho está impecável nessa novela e você esta cada vez melhor fisicamente e profissionalmente.

  6. 52 Mônica 07/03/2016 11:33

    ótimo trabalho do Fábio Assunção!
    não assisto novelas da globo desde Belíssima, porque o nível absurdo de corrupção da maldade é assustador. Não sei como as pessoas conseguem assistir a novelas como Regra do Jogo e parte do conteúdo das novelas do Aguinaldo silva, nossa como a maldade é terrível.
    Comecei a ver a Totalmente demais espontaneamente e não perco um capítulo; meu marido também está acompanhando.
    Tá bombando!!
    Só não gosto da dicção do jonathas e do quanto fala fulano tá “bolado”, um regionalismo carioca esquisitíssimo. Ainda bem que sumiram com a turma do Jacaré: cu-ru-zes!!!
    pARABÉNS FÁBIO Assunção, talentoso e lindo, claro. Podia também mudar o look na novela pra ficar ainda mais gato!!!!l

    • debora i de luca 07/03/2016 22:58

      concordo com as 2 ele e lindo e talentoso

  7. 51 Ana Maria 07/03/2016 10:05

    Como ator indiscutível, como exemplo mais ainda, como galã uma referencia, cada dia mais lindo, uma beleza inconfundível, parabéns Fabio você esta cada dia melhor.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.