Publicidade

segunda-feira, 21 de março de 2016 Exclusivo | 10:04

“Público vai ser fisgado novamente”, diz diretor de “Os Dez Mandamentos”

Compartilhe: Twitter

Com previsão de estreia para abril, as gravações de “Os Dez Mandamentos – Parte 2” estão a todo vapor. Em meio a uma rotina agitada, o diretor da novela, Alexandre Avancini, bateu um papo com coluna para falar sobre as novidades desta nova etapa. Ele afirmou que o público pode esperar fortes emoções e garante que a audiência será novamente fisgada pela nova trama bíblica da Rede Record: “Acho que o público vai ficar ligado na nossa tela para poder reencontrar esses personagens, com muitas novidades”. Casado há dez anos com Nanda Ziegler, o diretor também fala sobre a Casablanca, nova responsável pela dramaturgia da Record, e ainda comenta como estão as gravações de “A Terra Prometida”. Confira a entrevista:

JÁ SEGUE O BLOG NO INSTA E NO TWITTER? @_vem_gente

 Vem, Gente: Como estão as gravações de “Os Dez Mandamentos – Parte 2”?

Alexandre Avancini: O pessoal está supermotivado. Estamos gravando a todo vapor. Semana passada gravei cenas importantes de Moisés no Monte Sinai, sequências que abrem a novela. Estamos gravando externas e em estúdio. Estamos muito felizes com o resultado.

VG: O que o público pode esperar dessa nova temporada?

AA: A novela só vai ter 60 capítulos, em função desse número menor de episódios a novela está bem concentrada, já no primeiro capítulo vamos ter grandes surpresas, a novela está com uma dinâmica muito ágil, dinâmica de seriado. Apresentamos reinados novos, vão surgir novos vilões até entre os hebreus, acho que o público vai ser fisgado novamente.

VG: Então vocês acreditam que a segunda parte repita o sucesso da primeira?

AA: Temos. A novela criou uma legião de fãs, acho que o público vai ficar ligado na nossa tela para poder reencontrar esses personagens, com muitas novidades.

Avancini e Nanda Ziegler (Foto: AgNews)

 

VG: Um dos resultados dessa legião de fãs que você menciona foi o filme de “Os Dez Mandamentos”. O que você achou do longa?

AA: Acho que ficou muito bacana, acho que conta a história da novela, tem os trechos mais importantes. Quem não viu a novela entendeu o filme, isso é muito importante. Hoje, nós somos a terceira maior bilheteria do cinema nacional, isso é muito importante também. A televisão bem feita vai longe.

VG: A Record se esforçou para transformar a primeira fase em uma produção quase hollywoodiana. Esse investimento continua na segunda fase? A ambição ainda é manter esse padrão?

AA: A gente sempre corre atrás desse grau de qualidade para entregar para o telespectador. Essa novela, apesar de menor, ela tem duas cidades cenográficas novas, dois reinos novos, mais palácios, salas de trono, esse universo todo da corte real. Mais acontecimentos grandes, um deles será a Rebelião de Corá, que corresponde à nossa aventura do Mar Vermelho na primeira temporada, está sendo pré-produzido desde a outra novela, porque é muito complexo. Dessa vez não temos a Stargate para fazer nossa pós-produção de efeitos, mas temos a Casablanca, uma das maiores produtoras de efeitos especiais no Brasil. Não sei te falar em números [dinheiro], como são menos capítulos não sei como está essa equação.

VG: Sobre a Casablanca: as novelas da Record agora serão produzidas por ela. Como foi essa transição? Mudou muito a dinâmica?

AA: Não mudou a dinâmica. A gente está gravando onde era o antigo RecNov, então facilita tudo para a gente, nos mesmos estúdios, as cidades cenográficas que tínhamos transportamos para dentro do RecNov para ficar mais fácil nosso trabalho. Graças a Deus está tudo indo de vento em popa.

VG: E você também não para. Já vai emendar “A Terra Prometida” logo depois?

AA: Na verdade a gente começa a gravar “A Terra Prometida” daqui um mês. Vamos ter as duas novelas sendo gravadas simultaneamente durante dois meses aqui com os dois elencos, dividindo inclusive a cidade cenográfica que vai ser praticamente a mesma. Estou com gás total, superanimado.

(Por Guilherme Machado)

 

Autor: Tags: ,

2 comentários | Comentar

  1. 52 DAVID DIAS 22/03/2016 8:04

    É, a situação esta péssima para tudo e para todos e a unica forma encontrada pela população e se desligar e procurar encher a mente com fantasias , milagres e tudo o mais e poderem se enganar e sofrerem menos e , assim os que contribuem para ista usam e abusam de mentiras, fatos mirabolantes e tudo o que for possível e ainda a ajudar a prejudicar mais os coitados pois conseguem se enricar, ajudam à todos com mentiras e ilusões e lhes tomam o vil metal e se enriquecem por isto os templos estão cheios, a mídia cresce e os criadores de fantasias deitam, rolam, gozam e se enriquecem. Hoje se vende e caro por coisas que não se podem entregar e nunca serão entregue,, ou seja aumentam ainda mais o mal, dizendo que estão fazendo o bem.

    • Dadae 22/03/2016 13:30

      David Dias, lamento sua descrença e falta de informação!
      A história aqui retratada não é uma estória de fotonovela! Não se trata de fantasias nem fatos mirabolantes…
      Procure se informar lendo a Bíblia. Acredito que serás bem mais feliz do que pareces levar tua vida.

  2. 51 Barbara do Nascimento 21/03/2016 11:38

    Com certeza será mais um mega SUCESSO!

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.