Publicidade

Posts com a Tag drama

terça-feira, 8 de julho de 2014 Novela | 07:00

“O Rebu” divide quebra-cabeça sinistro com telespectador

Compartilhe: Twitter
Villamarim e Sophie Charlotte, sua menina de ouro. Crédito: Divulgação/Globo

Villamarim e Sophie Charlotte, sua menina de ouro. Crédito: Divulgação/Globo

A intenção de José Luiz Villamarim, George Moura e Sergio Goldenberg é espalhar peças de um quebra-cabeça sinistro na tela da sua televisão a partir de 14 de julho e pedir ajuda para a resolução do enigma. A imagem do final? O rosto do assassino de “O Rebu”.

Diretor e autores remexeram a trama de 1974, salpicaram mais luxo, uma pitada de modernidade, doses de poder feminino, e enquadraram na fotografia de Walter Carvalho. Todo luxo, na verdade, deve se tornar invisível logo no primeiro capítulo, quando o corpo inerte surge na piscina da mansão de Angela Mahler.

VEJA FOTOS EXCLUSIVAS NO INSTAGRAM

“A gente fala que ‘O Rebu’ tem uma elegância na maneira de vestir, no texto, e tem uma deselegância comportamental. É um pouco o lado humano, teremos isso de maneira exacerbada”, comentou Villamarim com o blog durante a festa da novela das 23h da Globo. “Existe uma amoralidade, não é uma imoralidade. Essa coisa do poder, do controle… ‘O Rebu’ está em um lugar elevado”, completou.

Sobre o tal corpo assassinado, tudo indica que é Bruno, personagem de Daniel de Oliveira. É ele o dono de um dossiê com provas contra Braga (Tony Ramos), e ele também que se divide entre Duda (Sophie Charlotte) e Gilda (Cássia Kis Magro).

SIGA O VEM, GENTE! NO TWITTER

Sob a ótica dos policiais responsáveis pelo caso, o telespectador caminha por 36 capítulos colhendo peças reveladas em flashbacks e durante a investigação. São frames do tempo, um quebra-cabeça cronológico que deve pregar pegadinhas nos mais desatentos. Ousado, no mínimo. E igualmente instigante.

“Pode ser muito arriscado também começar com essa coisa do ‘quem matou’, sem que as pessoas conheçam os personagens, ainda não têm por quem torcer… Ou seja, os riscos estão presentes, mas é uma história que a gente acredita e que está fazendo com a maior paixão e desejo”, decretou Villamarim. Chega mais com esse rebuliço, diretor.

Vem ver isso aqui também, menina…:

Vera Holtz do outro lado do mundo? Entenda!

Marcos Palmeira em dobro na TV

Jesuíta Barbosa se prepara para 1ª novela: “Dá um nervoso”

Autor: Tags: , , , , , , ,